O Pior Ano da Sua Vida

O Pior Ano da Sua Vida

Sabia que é possível destravar dez anos de prosperidade em apenas um? Mas cuidado! Você também pode envelhecer dez anos em um... E aí, vai encarar?

E aí General! Titi na área para falar com você sobre o Pior Ano da Sua Vida!

Está cansado de passar pelas mesmas coisas todos os anos? Você vive aquilo que deseja ou o que o seu patrão, o dinheiro, consegue comprar? Colocou inúmeros projetos no papel e não conseguiu executar? Nem sabe dizer qual foi o seu pior ano até ontem? Então fique ligado nesse artigo e prepare-se para viver o “Pior Ano da Sua Vida”.

                         O primeiro Pior Ano

Eu fiz meu primeiro “Pior Ano” em 2008. Estabeleci como alvo me tornar executivo da multinacional de telecomunicações que eu trabalhava. Seguindo nesse objetivo, muitos me criticaram e zombaram de mim. Cheguei a ser agredido fisicamente por uma gestora, minha chefe na época. Poderia ter processado a empresa (uma causa que ganharia pelo menos um milhão de reais), mas não o fiz porque eu tinha um objetivo maior.

Analisei o que tinha acontecido e pensei: o que todo mundo faz dá o resultado que todos querem. Mas o que eu devo fazer para ter o resultado que ninguém teve? Decidi tornar-me o “braço direito” dessa gestora e, fazendo coisas que poucos fariam, cheguei ao cargo que eu desejava.

Ela chegou a ser consultada pelos membros do processo seletivo para o cargo. Quando perguntaram ao meu respeito, respondeu: “podem promovê-lo pois ele aguenta até porrada!”. Então cheguei ao cargo de executivo da empresa, sendo o mais novo do país até então. Esse foi apenas um trecho desse meu “Pior Ano”.

Iniciei meu segundo “Pior Ano” em 2018. Decidi investir em geração de valor, aplicando o que estudei e aprendi nos últimos anos. Fiz 313 palestras gratuitas e bati um recorde pessoal de 7 palestras em um mesmo dia. Depois disso, meu crescimento foi exponencial e me tornei um dos maiores influenciadores do país.

Saí de pouco mais de 18 mil seguidores no Instagram e cheguei a quase um milhão. Além disso, me conectei e até me tornei amigo de pessoas que eram inspiração para mim. E muitos diziam “esse Pablo explodiu do nada” …

Estou contando isso não para me promover, mas para te mostrar que quando você acelera em seu “Pior Ano”, obtém tantos resultados que não quer mais parar. Mas fique atento, pois o corpo não suporta tal ritmo com tanta pressão por muito mais que um ano. Você envelhece e pode ter problemas mais sérios.

Eu percebi que tinha conseguido fazer o que chamo hoje de dez em um. Sabe o que é isso? É condensar dez anos de resultados em um único ano.

Você acha que estou brincando, certo? Mas depois de 15 anos estudando, aplicando e alcançando resultados, eu consegui desenhar um caminho que vou compartilhar com você nesse artigo.

 

Mas o que é o Pior Ano?

 

Não há como experimentar a paz sem passar pela guerra. Não há como colher sem plantar. O que você passou até agora foram anos ruins, não o seu pior ano. 

O Pior Ano da Sua Vida é o tempo para investir pesado naquilo que tem maior valor: você! É um ano de ruptura e de aprendizado. Ruptura porque você abandona velhos pensamentos, crenças e tudo aquilo que não faz sentido. Aprendizado porque a maior riqueza que existe é a sabedoria.

Aprender não é estudar para conhecer, é colocar em prática o que estudou. Anota esse código: conhecimento é saber, sabedoria é fazer. Investir em si mesmo é usar sua energia em ações que vão gerar multiplicação para você.

Quando eu falo em investir você deve pensar que estou falando de dinheiro, que para mim é fácil falar porque já tenho muito. Nada disso. É usar recursos que qualquer pessoa tem e, que quanto mais se usa, mais são renovados. Anote aí quais são eles: sangue, suor, lágrimas e gordura.

Cheguei a essa conclusão meditando no que Salomão disse em Provérbios: “venda tudo o que tem e adquira a sabedoria”. Vender tudo é entregar seus medos, ansiedade, depressão, culpa, necessidade de aprovação e vários outros sentimentos negativos e paralisantes. Romper com tudo isso vai te exigir aqueles quatro recursos naturais que mencionei. Se você quiser ir realmente nas profundezas e alcançar a prosperidade nas diferentes áreas da sua vida, terá que cair para dentro.

O grande problema é que quase ninguém quer encarar o “Pior Ano”. Talvez você esteja empolgado com o que leu até aqui, mas eu entendo a mente das pessoas. A maioria prefere ganhar do que aprender. Até mesmo nas orações acontece isso. As pessoas pedem mil coisas para Deus e quando Ele quer falar, a oração termina. Poucos esperam para ouvir o Criador falar o que quer de você.

Aquilo que você ganha pode rapidamente ser tirado de você ou tornar-se inútil. Mas aquilo que você aprende não pode ser tirado de você, além de poder ser usado para transbordar na vida de quem não sabe nada sobre o assunto. Por isso o aprendizado é algo tão importante no “Pior Ano”.

Como alcançar 10 anos de resultados em 52 semanas?

 

Depois de 15 anos aprendendo e colocando em prática várias das coisas que estudei, e depois de entender o valor de um “Pior Ano”, eu o transformei em um treinamento online, chamado O Pior Ano da Sua Vida. Agora existe o livro e, no ano de 2021, se tornou um Programa completo em que acompanho todos os participantes durante um ano inteiro!

É um método, um passo a passo que me levou a alcançar os resultados que tenho hoje. Milhares de alunos já cumpriram as aulas, as tarefas e experimentaram transformação em suas vidas. Se você quiser participar, pode ver se há turmas abertas clicando aqui.

Se você ainda não acredita no poder de um “Pior Ano”, continue lendo esse artigo. Você não precisa acreditar, basta fazer. Quer mesmo encarar seu “Pior Ano” para ter novos resultados na sua vida?

Seguem aqui alguns elementos essenciais que você deve praticar para cair para dentro do Pior Ano da Sua Vida:

  • Conexão com o Criador: esse é o primeiro e maior investimento. Investir em si mesmo é investir em tempo conectando-se com o Criador. Beba da sabedoria direto da Fonte. Busque-O para aprender como Ele fala, como é se sentir amado e para olhar as pessoas como Ele as vê. Não estou falando de nenhuma religião, mas sim um relacionamento com Quem te fez à própria imagem e semelhança. Nestes momentos, conecte-se com Ele e esqueça o mundo nesse momento.

  • Alvo: você quer mudar de vida, mas não tem um alvo, um objetivo. E quando determina um alvo, pensa apenas em algo extraordinário que o perfeccionismo te impede de alcançar. Essa é a mentalidade de quem quer ganhar, não aprender. Para ter um alvo claro, passe a escrever seus desejos colocando data. Uma boa forma de saber o que você quer é listar coisas que você não quer e que não fazem sentido na sua vida. Depois de determinar seu alvo, escreva formas viáveis de alcançar aquele alvo, listando os impedimentos e comece a agir em direção ao seu objetivo.

  • Mudança de mente: não é possível obter novos resultados com a mente velha. Para isso é necessário sofrer uma metanóia (mudança de mente). Você deve mudar seus pensamentos em relação à sua família, seus relacionamentos, sua saúde e seu corpo. Busque conhecimento, estude, faça cursos, imersões e outros sobre autoconhecimento. Identifique maus hábitos ou vícios que roubam sua energia e troque por hábitos saudáveis que te ajudem no seu processo de investimento e multiplicação: mude sua alimentação, cuide do seu corpo (faça exercícios). Abandone o perfeccionismo e a procrastinação. Ative o autogoverno e a autorresponsabilidade, pois tudo o que diz respeito a você é problema só seu. É por isso que considero este um dos principais códigos que conheço e uso: vá cuidar da sua vida!

  • Condição x Decisão: um dos motivos que o seu jeito não funcionou até aqui e não vai funcionar é porque você vive de condição. A solução é viver de decisão. Condição é acreditar somente naquilo que seus olhos já viram, valorizar as crenças e não crer na própria mudança. Pensar que a vida é uma repetição padronizada de fatos limita uma vida abundante. Tomar decisões é assumir responsabilidades que vão aumentar a pressão do seu motor. O problema de viver de decisão é o medo de falhar. Para isso, é só usar o código: se falhar, é só levantar-se e continuar avançando.

  • Aprendizado: aprendizado é estrutura, alicerce. Vai um código cabuloso: quem aprende não depende. Se você tem necessidade de aprovação, depende das pessoas para viver; se você tem dependência financeira, depende do salário do seu patrão. No seu “Pior Ano”, eu recomendo que você invista em aprender e continuar aprendendo estes assuntos: finanças, inteligência emocional, network e geração de valor. Quem entende de finanças aprende a multiplicar o dinheiro e deixa de ter dependência financeira. Quem tem inteligência emocional aprende a controlar as emoções, entende que é um ser pleno, à imagem e semelhança do criador e não depende da opinião das pessoas. Investir em network é garantir 85% dos seus resultados, pois isso depende das pessoas com quem você se conecta. Aprender sobre geração de valor é saber como usar sua vida para investir naquilo que o Criador mais ama: pessoas.

 

Como começar o Pior Ano

 

O “Pior Ano” não começa no dia 1º de janeiro. Se você quer mesmo transformação em sua vida para experimentar uma prosperidade surreal, o Pior Ano da Sua Vida deve começar hoje


Para ter uma amostra de como esse ano intenso funciona, pratique o que eu chamo de A Pior Semana da Sua Vida, fazendo por uma semana o o seguinte:

  1. Boot cerebral: mude sua forma de dormir. Seu dia começa antes de deitar-se, não ao acordar. Para dormir, respire fundo dez vezes e adormeça sorrindo. Ao acordar, faça o boot cerebral, colocando-se na posição de Mulher Maravilha, sorria e ative a gratidão falando com o Criador.

  2. Banho natural: esse é um hábito desencadeador para outros hábitos e tem diversos benefícios. Aqui destaco os principais: reseta o sistema nervoso central, aumenta sua velocidade muscular, acaba com suas frescuras, entre outros.

  3. Acordar cedo: para “cair para dentro” do ano de aprendizado, você terá que sair do caixão para pegar alguns códigos. Eu te convoco a acordar às 4h59 da manhã para pegar códigos nos meus conteúdos disponíveis nas minhas redes sociais, aqui no meu Blog ou nas lives que faço nesse horário.

  4. Autorresponsabilidade: assuma toda a responsabilidade do que acontece com você e pare de transferir culpa para terceiros. Nem o ano, nem seu patrão, nem o governo, nem a segunda-feira tem relação com seus problemas. Você pode usar a culpa como mola para superar os obstáculos em vez de usá-la como fardo para sua cabeça.

  5. Ative a sabedoria: leia dois capítulos do Livro de Provérbios por dia, mesmo que não tenha a Bíblia como livro sagrado. Esse é um livro de princípios de sabedoria. Quem o acessou e praticou teve sucesso na Terra.

  6. Novas ações: nesta semana troque festas, bagunças e gastos supérfluos por estudos e novas ações. Mude sua alimentação, afaste-se de pessoas negativas, elimine televisão e crie tarefas para aplicar o que estudou.
 

Depois da sua “Pior Semana”, escolha dois ou três novos hábitos e vá aplicando devagar. Não precisa acelerar e querer decolar como um foguete, apenas continue firme como uma locomotiva e não pare.

Para garantir a ambiência e os resultados, convide 15 pessoas para participar com você desse desafio, para que pelo menos 5 continuem com você até o final. Escolha pessoas que estão com a mesma sede e fome de transformação que você.

Ainda acha que não é possível? Não precisa acreditar, basta fazer e tudo o que você acha que não vai acontecer não é nem a sombra do que há de vir.

Um abraço do Titi e te encontro por aí no Pior Ano da Sua Vida!

Compre agora com desconto de até 30%

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Quer receber mais conteúdos?
Cadastre-se e receba antes de todo mundo!

Mais de 5 milhões de pessoas assistem os vídeos e acompanham os conteúdos de Pablo Marçal nas redes sociais todos os meses, ele se consolidou como uma autoridade na internet.

Pablo Marçal 2021 | Todos os direitos reservados

Preencha os campos abaixo para fazer sua inscrição