A VIDA É UM RIO

A VIDA É UM RIO

E você sabia que é como um barco furado?
Pegue os códigos para deslizar na vida e navegar sem afundar.

E aí! Titi na área com mais um artigo para te ajudar a refletir sobre a vida.

Gosto de dizer que não há nada como contemplar a natureza para pegar alguns códigos do Criador.

Fiz uma viagem ao Rio Araguaia (a praia dos Goianos) e depois para o Pantanal. Eu e alguns amigos praticamos pesca esportiva e navegamos alguns quilômetros nesses rios. Quais foram os códigos que encontramos ali? Já te adianto que não era sobre peixes e sim sobre pessoas.

 

O barco furado

 

Eu costumo dizer que a vida é um rio. E usando essa metáfora, muitos gostam de dizer que estamos todos no mesmo barco, em momentos difíceis ou nas crises.

Eu já prefiro dizer que estamos todos no mesmo rio, ou estamos na mesma tempestade, (quando se trata de alguma “crise”) e que cada um está em uma situação.

Nesse rio, cada um está com seu barco. Todos eles estão furados e não tem jeito de consertar isso. Você precisa remar e se mover, seguindo sua rota. É preciso estar em movimento para não deixar entrar água no barco. Assim, quanto mais rápido você se mover, menos água entrará nele.

Há pessoas que conseguiram um motor para seu barco. Outros possuem barcos maiores com motores muito potentes. Eles também são furados, mas como se movem deslizando na vida, não precisam se preocupar com isso. 

Outros barcos estão afundando e seus donos estão gastando muita energia retirando água deles. Essas pessoas estão carregando muitas coisas ou pessoas e isso faz o barco ficar pesado e lento.

Tem gente que insiste em carregar no barco pessoas que não estão na mesma rota. Como cada um está remando em uma direção, o barco não sai do lugar.

Há pessoas que estão em situação mais complicada. Seus barcos já afundaram e elas precisam nadar. Outros já se cansaram e estão boiando, deixando a correnteza os levar.

 

Como subir o rio

 

Há muita gente doente nessa geração. Gente que fica cuidando da vida dos outros e não cuida da própria vida.

O barco furado representa nossos corpos e nossos problemas. Sendo assim, todos temos que cuidar disso todos os dias, para não afundarmos.

Os barcos mais equipados ou maiores representam pessoas com mais inteligência emocional* e experiência de vida**.

Se você está boiando, nadando ou se seu barco está afundando, tem como evoluir. Quem está nessa situação, precisa parar na margem do rio, descansar e seguir a rota. 

Todos podem crescer, comprar um motor e se fortalecer. Você pode até pedir ajuda, mas vai precisar de conseguir recursos para subir com seu próprio barco.

Caso você perceba que seu barco está afundando, veja se está carregando pessoas que não estão mais na mesma rota. Os únicos que você não deve soltar no rio são seu cônjuge e seus filhos pequenos.

 

Soltando os peixes no rio

 

Quem está consciente que precisa tocar seu barco, torna-se um estranho para aqueles que se deixam levar pela correnteza. Eles podem ser seus amigos de infância, pais protetores, familiares e outros que vivem alienados. Se você leva essas pessoas no seu barco, é bom soltá-las no rio.

Não precisa ser grosseiro e expulsá-las do barco. Basta fazer como na pesca esportiva: segure firme o peixe, coloque-o na água, balance-o um pouco e solte. Aí é só deixar que a correnteza o leve. 

Ative o “vá cuidar da sua vida” e deixe eles irem. Quando você comprar seu motor ou estiver em uma lancha grande e potente, eles podem resolver seguir a mesma rota que você e te encontrarem novamente. Até lá, cuide do seu barco.

Quem está levando peso extra também precisa esvaziar o barco. Que pesos dão esses? A mágoa de alguma pessoa, seja pai, mãe, algum agressor ou alguém que te traiu. Continuar carregando essa carga vai fazer seu barco afundar. Ressignifique a história que te faz carregar a pessoa e solte essa carga no rio.

É bem mais fácil um barco leve, por isso, livre-se das cargas que não servem para nada. Essa atitude pode até não mudar o que aconteceu, mas vai te permitir avançar mais rápido em sua rota.

Como você vai mudar uma geração se você ainda está perdido 

Agora que você pegou esses códigos, como você avalia sua vida hoje? Quais áreas você deve colocar como prioridade para avançar? Quais as cargas você vai jogar no rio?

Caia para dentro e coloque pressão para não afundar na vida.

 

* Quer deixar de ser Neném em Inteligência Emocional? O Titi recomenda os artigos:

 Como deixar de ser escravo”

“Eleve a Frequência do seu Cérebro”

“Exploda sua Cabeça”

Acompanhe também meu Canal no Youtube

Compre agora com desconto de até 30%

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Quer receber mais conteúdos?
Cadastre-se e receba antes de todo mundo!

Mais de 5 milhões de pessoas assistem os vídeos e acompanham os conteúdos de Pablo Marçal nas redes sociais todos os meses, ele se consolidou como uma autoridade na internet.

Pablo Marçal 2021 | Todos os direitos reservados

Preencha os campos abaixo para fazer sua inscrição