Destrave a Riqueza – parte 2

Destrave a Riqueza – parte 2

Neste artigo vou te mostrar como vencer as dívidas e tirar o seu atraso para alcançar a riqueza que é sua!

Tempo de leitura estimado: 06min28s

Mais um artigo do Titi com o resumo da segunda aula do Destravar da Riqueza para você. Antes de começar a aula, eu fiz uma enquete ao vivo e perguntei quantas pessoas estavam com dívidas das quase oito mil que estavam assistindo.

Foi chocante ver que 83% das pessoas disseram que estavam com dívidas. E ter dívidas é ruim? É isso que está atrasando sua vida?

É uma das coisas que o Titi vai ensinar. Além disso, neste resumo você vai ver:

– como sair das dívidas 

– como negociar

– os níveis de frequência do seu cérebro

 

O que é uma dívida?

Você precisa mudar sua mente sobre o conceito de dívida. O Titi vai te explicar.

A primeira coisa que eu ensinei na aula foi que existem dois tipos de dívida:

– dívida de alavancagem

– dívida de consumo

Responde essa: comprar um iPhone 12 Pro Max é dívida de alavancagem ou de consumo? Depende!

O que você está fazendo com esse iPhone? Se comprou só para aparecer para os outros ou porque é o celular da ultima geração, você tem uma dívida ruim. É uma dívida de consumo.

Mas se você comprou para fazer seu branding, para monetizar com fotos e vídeos ou para te dar outro retorno, aí é dívida de alavancagem. Logo você terá o retorno do investimento. Isso se chama capitalização.

Se você que está endividado entendeu que sua dívida é de consumo, que seria uma dívida ruim, agora é hora de aprender a sair da dívida. Reconhecer a sua situação também é algo bom pois gera oportunidade de aprendizado.

 

Você não é um endividado

Você pode ter dívidas mas não é um endividado. Esta situação não te define. Quando você pensa assim te ajuda a tirar a culpa. Dívida gera condenação, principalmente para quem se esconde, não atende telefone e sabe que fez dívidas por besteira. Esse sentimento é o que te impede de prosperar.

Se você tem dívidas físicas, financeiras, é alguém que deve também no emocional. É alguém que carrega todo o peso da alma e do espírito no seu corpo.

Para vencer a dívida, é preciso tratar o lado emocional disso. Você precisa de um incentivo, que alguém te mostre a luz no fim do túnel. Sem resolver a dívida na sua cabeça, você nunca vai pagá-la. E o Titi fez essa aula para te orientar.

 

Dívida de transbordo

Um outro lado de uma dívida tem relação com seu compromisso com uma geração. Você está devendo dinheiro pois sua dívida de transbordo está maior ainda.

A dívida de não transbordar na vida dos outros está te roubando muito mais que a dívida financeira. Quanto mais gente for tocada por sua mensagem ou com a solução que você trouxe para a Terra, mais gente será transformada e mais você vai prosperar. Mais energia voltará para voccê quanto mais energia e transformação você servir na Terra.

Depois de vencer a dívida de transbordo, gerada pelo emocional, seu crescimento financeiro pode alcançar a exponencialidade. Viva sem culpa, sem condenação, sem dever satisfação a ninguém. Ser exponencial é transbordar no espírito, na alma e colocar seu corpo como escravo para fazer o que quer.

 

Vencendo as dívidas

Na aula eu ensinei como você sai das dívidas usando o exemplo alguém que está com uma fratura exposta. Quem tem dívidas está em uma situação de declínio, tanto financeira quanto emocional.

O primeiro passo é estancar o sangramento.

Depois tem que fazer uma cirurgia para fechar a fratura.

O terceiro passo é o repouso.

Quem faz cirurgia em um dia pode, por exemplo, jogar futebol no dia seguinte? É obvio que não. O que significa isso? Que você deve respeitar as fases.

Estancar o sangramento é acabar com os gastos que tem causado a dívida. Isso ainda não resolve o problema mas te prepara para a cirurgia.

O segundo passo representa a mudança de mentalidade. Se não mudar isso, a dívida pode voltar depois de quitada.

Por isso você não vai sair correndo depois da cirurgia. Isso significa que pode demorar um tempo para ter crescimento financeiro. Mas a cirurgia te ajuda a não voltar para o negativo novamente.

A cirurgia significa trocar os pensamentos. Por isso tem o tempo de repouso. É depois disso que você começa a ter os primeiros resultados. Por isso, respeite seu tempo.

Saindo das dívidas

Agora que você entendeu que não é um endividado, anote os passos para sair das dívidas:

1 – anotar tudo o que você deve

2 – renegociar suas dívidas

3 – levantar recursos

1 – anotar: escrever todas as suas dívidas é enfrentar o problema. Sem saber o quanto se deve, o cérebro fica criando desculpas e o problema só aumenta.

2 – renegociar: a maioria das pessoas pensa que se tivesse o recurso, pagaria as dívidas de uma vez. Isso acontece somente para tirar o peso emocional da dívida, mas não se deve fazer isso. Você não vai dar cano nas pessoas. Vai renegociar para organizar sua vida financeira e usar seus recursos para honrar seus credores e gerar novas rendas. Não deixe nenhuma dívida em aberto.

3 – levantar recursos: durante a renegociação e o pagamento das dívidas, é importante gerar rendas alternativas. A maioria das pessoas tem apenas uma renda. Isso é loucura! E gerar recursos não é pedir dinheiro emprestado pois não vai adiantar. Use a energia, conhecimento e network que você tem para gerar negócios e rendas.

Como renegociar? Muita gente não faz isso porque sente vergonha, mas é necessário. Converse com seu credor. Peça perdão por não conseguir pagar da forma que deveria e afirme que vai pagar a dívida.

Entregue um valor simbólico, por menor que seja, por semana ou por mês, como garantia que você vai pagar. Além de gerar confiança, é uma forma de você não ocupar a mente com a dívida. Você deve usar sua energia na geração de rendas e recursos.

 

Os segredos da negociação

Na sequência dessa aula eu falei sobre os passos da negociação. Serve para você aprender a renegociar suas dívidas, a fazer uma venda ou fechar negócios. É importante você aprender sobre negociação para dois dos passos de vencer as dívidas.

O Titi já escreveu um artigo sobre isso. Clique aqui para aprender os cinco passos da negociação.

 

Mudança de frequência

Para prosperar e acessar a riqueza, além de sair das dívidas, é preciso despertar. Sua mentalidade precisa sofrer uma transformação, pois suas crenças determinam seus resultados.

A maioria das pessoas que acompanhou as aulas ou está lendo esses resumos não sairão do lugar porque não entregaram seu coração ao que eu falei ou não foram alcançados pelo que eu ensinei.

Para ter seus primeiros resultados, você precisa sair do estado de frequência cerebral que você está. Para entender quais são os cinco níveis de frequências emocionais, assista a aula direto no ponto do vídeo clicando aqui.

Para aprender mais sobre os cinco níveis de frequência emocional, clique aqui.

 

Tarefa

Só tem resultado quem cai para dentro e vai para a ação. Por isso, vai a tarefa que o Titi passou na aula:

1 – Gerar uma nova renda em 30 dias e três em 90 dias.

2 – Quem está sem renda: venda a televisão e o sofá e saia de casa para procurar trabalho. Você precisa se lascar para buscar recursos.

Vá destravar a sua riqueza! TMJADF.

Compre agora com desconto de até 30%

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Quer receber mais conteúdos?
Cadastre-se e receba antes de todo mundo!

Mais de 5 milhões de pessoas assistem os vídeos e acompanham os conteúdos de Pablo Marçal nas redes sociais todos os meses, ele se consolidou como uma autoridade na internet.

Pablo Marçal 2021 | Todos os direitos reservados

Preencha os campos abaixo para fazer sua inscrição