TODO MUNDO É VENDEDOR

TODO MUNDO É VENDEDOR

Se você não gosta de vender, não gosta de prosperar. Dicas do Titi para desenvolver a habilidade de vender.

Categoria: empreenderodismo, mindset.

E aí, Titi na área! Neste artigo vou falar para você sobre vendas. Sabia que você é um vendedor? Que você precisa treinar essa habilidade para avançar na vida? Para você que já se acha um bom vendedor, duvido que aplica tudo o que eu ensino aqui. Agora, se acha que não tem o menor jeito para vendas, leia todo o artigo pegue os códigos com o Titi.

 

Você é vendedor

 

Pense nas coisas que você mais gosta de fazer? Viajar, aproveitar momentos com a família, com os amigos. Eu gosto muito de ir para a roça e sair para pescar! Por que eu te fiz essa pergunta? Para saber há quanto tempo você não faz essas coisas. Quem depende só de salário dificilmente tem tempo e dinheiro para curtir a vida.

Se você não gosta ou não pensa em vendas como forma de renda, dificilmente vai usufruir de algumas coisas da vida. Quem não vende, está apenas comprando. Com vendas você tem a oportunidade de sair da dependência do salário e construir sua base financeira.  

Quem não vende, não tem o lucro como fonte de renda e terá problemas para prosperar. Leia meu artigo “As cinco fontes de renda” e entenda o papel das vendas para a prosperidade.

Você é vendedor. Vender é natural, basta ser você. Quando pede um aumento para seu chefe, convence seu cônjuge ou um amigo sobre alguma coisa, está fazendo uma venda. Saiba que é possível desenvolver ou melhorar sua habilidade em vender. Pegue os códigos do Titi com cinco dicas para fechar suas vendas.

 

1 – Vender é servir

 

 Não entre em qualquer negócio para ganhar dinheiro. Trabalhe para servir, seja como empregado ou como empreendedor. Esteja pronto para dar toda sua atenção para a pessoa. 

Pega esse código sobre o cérebro: todos gostam de comprar, mas acham ruim se percebem que você só quer vender. Fazer o cliente perceber que seu foco está nele é básico para concluir a venda.

 

2 – Seja simpático

 

 A primeira coisa que você vende para seu cliente é sua imagem. Sorria! Um vendedor alegre e disposto chama a atenção e transmite confiança. Demonstre que você não está desesperado para vender. 

Se você ficou atento ao passo 1, pode usar a técnica de rapport, que é criar uma empatia com a pessoa espelhando seus movimentos. Mas só vai funcionar se for algo verdadeiro, pois as pessoas percebem a intenção. Se você já foi atendido por alguém que só estava interessado em vender, entende o que estou falando.

 

3 – Faça perguntas

 

 Essa é a chave das vendas. Como vender é servir, você deve entregar o que a pessoa quer. E como saber isso? Fazendo perguntas! E não existem perguntas prontas. Esteja atento ao que a pessoa quer e ao jeito dela. As perguntas vão surgir conforme a situação. 

Não precisa mentir no processo de vendas, nem mesmo as que parecem inofensivas. Se você é vendedor e já está acostumado com essas mentiras, pare de falar e faça perguntas.

Nesse ponto cabe uma história. Na confecção da família havia uma ótima vendedora, mas que gostava de uma mentirinha. Ela estava vendendo uma bermuda para uma cliente que comprava por atacado e disse: “o Pablo tem uma bermuda dessas!” E eu disse que não tinha. Mas eu percebi o que a cliente queria e me ofereci como modelo para experimentar a bermuda. Ela gostou de atenção que eu dei e comprou a peça. 

Perceba que não precisa mentir! Basta estar conectado à pessoa e fazer o que ela deseja.

 

4 – Tire o foco do produto

 

Todo processo de compra é emocional. Não chame a atenção da pessoa para o produto, mas para a sensação que o produto vai causar. Não venda uma furadeira e sim a alegria proporcionada pelo quadro pendurado na parede. Assim, você gera a necessidade de comprar a furadeira.

Não venda um remédio e sim, a paz de ver saudável a pessoa que você ama.  Para tirar o foco do produto, trate uma dor ou crie um desejo na pessoa.

 

5 – Valor vem antes do preço

 

Até a pessoa mais rica do mundo tem medo do preço. Nosso cérebro calcula o preço de coisas com base em experiências anteriores. Mas nem sempre concordamos quando ouvimos o custo. Por isso não fique discutindo preço. 

Se você demonstra que está mais interessado no dinheiro, acaba prejudicando seus lucros por ter que reduzir preços ou dar desconto só para fechar a venda. Quem tem o foco no preço não gera valor.

Se seguir os passos anteriores terá gerado um grande valor no seu processo de venda. Quem faz isso se torna objeto de desejo e pode sair da briga por preços. 

Lembre-se do que é um Iphone e você vai entender o que estou dizendo.

 

Para você que ainda acha difícil vender, faça esta ação simples: antes de uma venda, esfregue as mãos e diga “eu amo vender!”. É uma dica de neurociência que ativa seu cérebro para resolver problemas. Se você é imagem e semelhança do Criador, não há como você não aprender a vender.

 

E aí vendedor! Você já usava esses passos em seus processos de venda? E você que ainda não está vendendo, o que vai fazer para começar? 

Faça uma excepcional venda! Tamo junto até depois do fim!

 

**Alguma chave foi ativada na sua cabeça com algum artigo do blog? Manda um direct no meu Instagram e me conta, só para eu saber. Você é a pólvora, eu sou só a faísca.

 

Compre agora com desconto de até 30%

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Quer receber mais conteúdos?
Cadastre-se e receba antes de todo mundo!

Mais de 5 milhões de pessoas assistem os vídeos e acompanham os conteúdos de Pablo Marçal nas redes sociais todos os meses, ele se consolidou como uma autoridade na internet.

Pablo Marçal 2021 | Todos os direitos reservados

Preencha os campos abaixo para fazer sua inscrição