La Casa Digital 2.0 – Resumo Dia 11 – O Dia do Desbloqueio

La Casa Digital 2.0 – Resumo Dia 11 – O Dia do Desbloqueio

Não adianta querer prosperar no digital sem desbloquear. Acompanhe o resumo deste dia do La Casa Digital e pegue códigos poderosos sobre os desbloqueios emocionais.

Tempo de leitura estimado: 08min42s

E aí! Titi na área! O penúltimo dia do LDC teve uma surpresa que deixou os participantes chocados! Foi revelada a prova final para conquistar 1 milhão de reais!

Foi também o dia do desbloqueio com os participantes. O dia do um a um. Eu cheguei até a sangrar, mas o importante é que agora são alguns bloqueios a menos no planeta Terra!

Se liga no resumo desse episódio para acabar com alguns dos seus e prosperar na vida e no digital.

                          Atividades do dia

Eu estive no café da manhã com os participantes e soltei códigos poderosos sobre o Reino. Identifiquei também os principais bloqueios de cada um. Rolou uma instrução poderosa sobre casamento e uma explicação de por que Jesus foi 100% homem. A galera pirou!

Este foi o dia dos desbloqueios com os participantes. Algo que eu havia segurado no primeiro La Casa eu tive que fazer neste. Foi poderoso o que aconteceu com os participantes. Só tem como sentir a energia assistindo o episódio. Mas calma, no fim deste artigo tem o vídeo no ponto certo dos desbloqueios.

Rolou também a prova do dia, que foi o Enigma das 12 Habilidades do Digital. Eles tiveram que procurar e desvendar enigmas espalhados pelos 200 mil metros quadrados do Resort Digital. O primeiro time a resolver todos os enigmas seria o vencedor.

Revelei a grande prova para a disputa final – ficar sem dormir e sem comer até o final do décimo segundo dia. Além disso, eles teriam que fazer provas de resistência, testes de conhecimento dos conteúdos ensinados durante todo o programa.

Eles seriam testados no corpo, alma e espírito. E quem ficasse abaixo da média em uma prova já estaria eliminado.

No final do episódio cada um falou porque gostaria de ganhar o prêmio de um milhão e logo já partiram para o início da Grande Final.

                   Por que 1 milhão de Reais?

Se você estivesse no La Casa Digital, o que você faria com o prêmio de 1 milhão de Reais? Tudo que chega até a sua mão é um armamento, mas de que adianta se você não sabe atirar?

A maioria dos participantes deu respostas que não fez sentido. Falaram coisas que poderiam fazer sem o dinheiro. Mas cada resposta me mostra se a pessoa será capaz ou não de usar esse armamento.

Aprenda que todo dinheiro é semente, recurso que deve ser plantado e não consumido. Quem é comedor de sementes vai demorar a entender o que fazer com qualquer dinheiro que receber. Quem sabe plantar não vai depender de ganhar sementes de outras pessoas.

Quem gosta mais de comida do que da vida, quem depende da opinião dos outros, quem não cuida do próprio corpo, quem não sabe ressignificar as emoções e quem não tem o propósito acionado, se perde em pouco tempo, mesmo tendo um milhão nas mãos.

Você já deve ter percebido que o La Casa Digital não é sobre o milhão. O jogo não é sobre ganhar, mas sobre aprender. Quem foca no ganho, já perdeu. Mantenha o alvo em aprender e suportar até o final. 

Ganhar um milhão é fácil, mas se você tiver visão para entender o que está acontecendo na Terra, você consegue gerar milhões de Reais. A verdadeira felicidade não está na quantidade de dinheiro que você tem, está em algo que o Criador já te deu: sua identidade.

                      Os Bloqueios Emocionais

As pessoas querem saber tudo sobre marketing digital, mas não sabem por que não avançam. Por que pessoas honestas, esforçadas e trabalhadoras não conseguem alavancar suas vidas? É por causa dos bloqueios.

Os bloqueios te seguram. É como querer navegar em um barco amarrado a uma árvore. É como um avião que só decola com quatro toneladas, mas está carregando 30.

Falamos dos bloqueios das pessoas, mas não temos compaixão por elas. As pessoas dão risadas dos bloqueios das outras pessoas, mas para quem tem o bloqueio, não tem graça. Quem não entende desse assunto ofende os outros, atacando e xingando por causa dos bloqueios.

Nós não precisamos julgar as pessoas com nossas ignorâncias. Quem é livre trata o outro com liberdade. Quem se desbloqueia passa a ver o outro com compaixão.

Certa vez eu fiquei tão irado com uma situação que fiquei mal e com vontade de matar as pessoas. Sim, isso já passou pela minha cabeça, mas lembre-se: sou humano como você.

Mas eu percebi que tudo aquilo era por causa de problemas emocionais e decidi resolver. O sapo que eu engoli, eu fritei dentro de mim e expulsei. Então eu entendi que guardar essas coisas causam ainda mais bloqueios.

Dessa forma eu aprendi o que é um problema emocional e as maneiras de resolver isso.

Apesar de a maioria dos bloqueios não serem identificados por ignorância, quando você começa a ouvir sobre o assunto, sua alma e seu espírito vibram.

Mas seu corpo quer resistir, porque acha que nasceu assim. O jeito de ser dos seus pais ou de quem conviveu com você na infância apenas indicam o motivo do deu jeito de ser.

Por que essa foi a noite do desbloqueio? Porque não dá para andarmos juntos sem desbloquear. Porque não existe uma pessoa que funciona com bloqueios. Não adianta ter a força do braço se não tiver a força da alma. Essa força é muito superior. Por isso, tem que desbloquear.

                                  A causa

Desbloquear é reprogramar o cérebro. Eu peguei esse código em Romanos 12 versículo 2: “sejam transformados pela renovação da vossa mente.” Eu descobri que era possível reprogramar o que estava na mente das pessoas mudando a forma de elas pensarem.

Quem estuda bloqueios, passa a ter nojo deles e nunca mais desvaloriza ninguém por causa disso. Não tenha dó das pessoas, pois você só vai carregá-las e isso não muda ninguém. Tenha compaixão delas, pois assim você as ajuda com uma transformação e depois as lança para bater asas.

O primeiro motivo que faz as pessoas continuarem bloqueadas é a ignorância. Não conhecem sobre o assunto e não sabem que são bloqueadas. Isso é culpa da pessoa pois estamos na geração do conhecimento.

Depois você precisa identificar o bloqueio. Não tem como fazer isso na brutalidade, tem que passar o pente fino.

Por gerações as pessoas colocavam a culpa de tudo no Diabo, porque é fácil dizer para ele sair. Mas isso não resolve. Quem tem bloqueio precisa ser tratado.

E como se identifica o bloqueio? Da mesma forma como se identifica uma árvore: pelo fruto. Veja os efeitos que um bloqueio te causa e busque a raiz disso.

Quer saber mais sobre os principais bloqueios e o que eles causam? Leia o artigo Bloqueios Emocionais.

                        Como desbloquear

São três os passos básicos para fazer o desbloqueio:

  • Aceitar o bloqueio
  • Vivenciar o acontecimento
  • Ressignificar a história

 

O primeiro passo para o desbloqueio é aceitar. Só é desbloqueado quem reconhece seu estado. O maior problema das pessoas dessa geração é que elas não aceitam que tem bloqueio. Para a maioria, é normal quando as coisas não funcionam.

O segundo passo para desbloquear é vivenciar o acontecimento. É preciso descobrir como aconteceu isso. Procure em suas lembranças a gravação da cena que causou o bloqueio. A pessoa que te bloqueou deverá estar na cena pois coisas não causam bloqueios, somente relacionamentos causam bloqueios.

E não culpe quem te causou os bloqueios, pois em 99,9% dos casos isso não foi intencional. Entenda que aquela pessoa deu o melhor que ela tinha e, provavelmente, também foi detonada em sua infância.

O próximo passo do desbloqueio é ressignificar, que é trocar a experiência. É preciso mudar a experiência daquela história no seu cérebro e soltar a pessoa que causou o bloqueio. 

Pense no bloqueio como um rio de lama que te impede de chegar do outro lado. As pessoas acham que precisa secar o rio ou impedir que joguem lama. Não precisa de nada disso. Basta construir uma ponte sobre o rio, chegar do outro lado e seguir o caminho.

Muitos acham que desbloquear é apagar o passado. Além de não resolver, isso é muito perigoso! Quem deseja apagar o passado vai incorrer nos mesmos erros.

Ao decidir trocar a experiência, algo novo surge dentro de você. Cada desbloqueio te permite usar as sete liberdades que falei nos episódios anteriores.

O desbloqueio está intimamente ligado com coragem e a intensidade que você tem para se entregar. Desbloquear é escavar em uma rocha dura, que parece inquebrável.

Mas depois de desbloquear, você começa a bater asas. Quando você está pronto para se jogar e voar, não tem bloqueio que te segura.

Bônus: mais Códigos do penúltimo dia da LCD 2.0

  • Desbloquear é simples, difícil é tomar a decisão de fazer isso.
  • A importância do movimento
  • Reconhecer os talentos de cada pessoa em uma equipe.
  • Não se manter bloqueado
  • Aceitar o bloqueio para desbloquear.
  • Se joga, de o primeiro passo.
  • Quem não treina seu dom está sendo treinado por outro.
  • Se não tratar os bloqueios, nada flui na vida.
  • Quem acha difícil lidar com gente deve se olhar no espelho. Você é gente também.
  • Bloqueio é como piolho, não tira no tapa, tem que passar um pente fino.
  • Quem é livre confia no vento.
  • Um novo passo revela um novo bloqueio.
  • Um dos locais mais seguros que existe é dentro de uma prisão.
  • A vida na Terra é só um ensaio para a Eternidade.
  • Todo tímido é um egoísta.
  • Quem quer apagar o passado é porque não tem compromisso com o agora.
  • Sua alma tem saudades de coisas que seus olhos nunca viram

E aí, pegou mais códigos do décimo primeiro episódio? Compartilhe aqui nos comentários ou no direct do meu Instagram!

Como eu te prometi, segue o vídeo com o ponto onde mostro os desbloqueios com alguns participantes:

Compre agora com desconto de até 30%

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Quer receber mais conteúdos?
Cadastre-se e receba antes de todo mundo!

Mais de 5 milhões de pessoas assistem os vídeos e acompanham os conteúdos de Pablo Marçal nas redes sociais todos os meses, ele se consolidou como uma autoridade na internet.

Pablo Marçal 2021 | Todos os direitos reservados

Preencha os campos abaixo para fazer sua inscrição